Filme baiano sobre quilombolas da Chapada é premiado em festival internacional


 

 O filme baiano “Terras que Libertam - histórias dos Cupertinos” foi premiado como Melhor Documentário do Five Continents International Film Festival - FICOCC 5-8, da Venezuela. Dirigido e idealizado pelo geógrafo-documentarista Diosmar Filho, o projeto apresenta a trajetória de luta e resistência da população negra quilombola na Chapada Diamantina.

 A obra conquistou ainda outras duas categorias do FICOCC: Melhor Documentário com Trilha Original, assinada pelo multi-instrumentista Mauricio Lourenço; e Menção Especial no Prêmio de Melhor Cinematografia ao diretor de fotografia Chico Soares. 

“Terras que Libertam - histórias dos Cupertinos” já havia sido premiado como Melhor Documentário Sul Americano no International Documentary Film Awards (Eslováquia). Além disso, o filme baiano recebeu indicações em outros concursos internacionais, tendo sido finalista do Boden International Film Festival (BIFF) e semifinalista no Stockholm Film & Television Festival (SFTF), ambos na Suécia. Em outubro, o documentário foi selecionado para participar do 7º  FestiFrance Brasil - Festival Internacional de Cinema de Belo Horizonte.

Veja o trailer:

Atualizado em 24/10/2021

Um comentário:

  1. Fiquei curioso em conhecer esse trabalho inspirador de Diosmar, nosso ilustre conterrâneo. Imagens belas e fortes, de um eterno pós-abolição em pleno século XXI. Esse país precisa ser repensado e refeito, para ser de todo o seu povo.

    ResponderExcluir